BLOG

Entenda as vantagens da radiocomunicação para ambulâncias

Nas ambulâncias, cada segundo conta. Em um ambiente tão específico, nem todas as soluções são ideais para acolher a comunicação entre membros da equipe e hospitais.

 O telefone, por exemplo, pode perder sinais em áreas remotas ou túneis. O mesmo acontece com a comunicação por internet, que também depende da recarga constante de pacote de dados.

 

A radiocomunicação é a melhor opção para a transmissão de mensagens. Conheça neste post as vantagens deste meio que oferece segurança mesmo durante emergências:

Radiocomunicação para ambulância: porque é essencial

Comunicação clara em qualquer lugar

Em locais onde o telefone e a internet não funcionam, a comunicação via rádio permanece constante. Além disso, ele não sofre interferência por contar com o uso de canais de operação licenciados. Isso significa que as mensagens trocadas pelo radiocomunicador são protegidas e não podem ser ouvidas por terceiros.

 

A tecnologia dos rádios profissionais permite a compreensão, mesmo em locais ruidosos. Na ambulância, isso é essencial para que o interlocutor receba a informação mesmo durante o trânsito intenso ou com as sirenes ligadas.

Facilidade no uso e alta duração

Enquanto outras opções podem ser prejudicadas pelo uso de equipamentos médicos e movimentação constante, perdendo bateria cada vez mais rapidamente, os equipamentos de rádio profissionais possuem duração estável. Em média, um comunicador de rádio possui duração de 16 horas.

Os equipamentos são de fácil operação: basta apertar um botão para falar. Esta vantagem é vital para momentos onde a agilidade é uma prioridade. O rádio pode ser utilizado com luvas, máscaras ou outros equipamentos. Além disso, sua estrutura é projetada para resistir a quedas e pequenos acidentes.

 

Os rádios permitem o uso de acessórios como fones de ouvido, microfones remotos com ou sem fio, baterias de maior capacidade e carregadores de bancada para múltiplas baterias. Logo, é possível personalizar cada transmissor conforme a demanda.

 

O rádio, mesmo em modelos profissionais avançados, é uma ferramenta compacta. Ela pode ser facilmente comportada no vestuário do paramédico, para que o profissional sempre esteja com o aparelho.

Gerenciamento versátil e à distância

Comunicação via áudio não é a única funcionalidade do rádio digital. Ele também comporta a transmissão de dados por mensagens de texto, posicionamento de GPS, ordens de serviço e a integração com aplicativos rodando em smartphones e tablets.

Através de softwares, você pode determinar suas prioridades e gerenciar sua frota de ambulâncias. Equipes móveis podem se comunicar entre si ou com o hospital, recebendo ocorrências e ordens de serviço.

Durante o atendimento na ambulância, é possível enviar à equipe hospitalar um formulário sobre o atendimento. Esta vantagem agiliza o processo de resgate, garantindo o melhor para o paciente.

Durante a crise mundial causada pelo Covid-19, a área da saúde foi sobrecarregada com milhares de casos diariamente. Para atender a demanda, é preciso inovar o relacionamento entre equipes, iniciando pela comunicação.

Assim, garante-se que cada momento crucial é usado da melhor maneira possível. Para saber mais vantagens da radiocomunicação durante a pandemia, clique aqui.

A Lithus possui um time de engenharia especializado em desenhar soluções para a sua operação. Se você busca por recursos para sua equipe móvel, fale com um de nossos especialistas!